• Carla Pepe

QUASE MORRER


Minha segurança te deixa inseguro

É tão absurdo

Porque essa autoconfiança

Foi erguida em saber que posso

Morrer nas tuas mãos todos os dias

Uma mulher morre todos os dias

apenas por ser mulher

não por usar uma roupa qualquer

Morre por ter cara de mulher

nem precisa ter o sexo de fêmea

apenas a face quase gêmea

já é um motivo sequer

Meu jeito inabalável é uma forma

de erguer escudos para me defender

de todos os dias quase morrer

Por isso, o que desejo de você

é estar ao meu lado nas minhas lutas

reconhecer que ser mulher

neste mundo é padecer

porque todos os dias eu sei como é respirar

e agradecer, por somente hoje, sobreviver.

Agosto Lilás

Mês de Conscientização da Violência Contra Mulher

Destaques
Arquivos
Siga-me