• Flávia Carvalho

O DESPERTAR

Foi dormir com o coração e a mente a borbulhar.

Sonhava com aquele tapete mágico que a levaria rapidamente aonde queria chegar.

Com ele viajaria por aquele mundo que ela imaginava encantado ser

e que tinha a certeza que nele valeria a pena viver.

Estava inquieta para encontrar o que aquele além-mar iria lhe proporcionar.

Queria em suas águas bem lá no fundo mergulhar

e na sua imensidão o tão esperado tesouro encontrar.

Dias, meses, vida, tudo parecia já programado estar.

Foi, então, que o presente trouxe um sopro inesperado e forte, de vida e de morte,

e fez todo o seu plano voar!

Corre atrás daquele momento! Não deixe que ele se perca ao relento!

Era isso que ela queria, sem perceber que, mesmo correndo,

não dava pra agarrar o que no vento se escondia.

Pra longe foi levado aquele rascunho inteiro.

E ela, de repente, viu-se presa, como se dependesse daquele roteiro.

Como se aquele fosse o fim de um lindo começo que arquitetava experimentar

e, prestes a entrar em desespero, lembrou que, enfim, podia acordar!

Foi assim que abriu os olhos e viu que tudo, o essencial, estava no mesmo lugar.

Sonhos, desejos, sentimentos, nada havia saído de onde deveria estar.

O vento só fez levar o tal do planejamento, que sempre, em algum momento,

a vida se encarregava de nunca seguir!

É que o vento sabe que a beleza está no desfrutar da surpresa e no sorrir do

inesperado que surgir.

Mas sem esse planejamento consigo caminhar?

Não preciso em alguma expectativa me agarrar?

Que nada!

Aproveita que perdeu a rota e abre a porta para o novo que não para de chegar!

Aproveita para confiar no sol de cada dia e soltar o que te impedia de voar!

Aproveita para se libertar do que tanto queria controlar e, talvez, por isso, te fazia

chorar.

Aproveita para experimentar a magia do aqui-agora, sem querer ir embora

quando a ideia de um incerto futuro chegar.

Aproveita para aprender a respirar e, assim, sentir o ar entrar, e relaxar, e se energizar.

Aproveita para fazer tudo o que te faz bem e é importante, mesmo que pareça bobo e

irrelevante, pois se seu coração fica contente, é sinal de que pode ir em frente!

Aproveita! Novo dia vai chegar, e outra vez vai chegar, e repetidamente vai chegar...

Desperta! Quantas vezes precisar, não tenha medo de se encontrar, se desapegue de tudo o que te pesar, solte o que está a te amarrar e, então, comece a voar!




Destaques
Arquivos
Siga-me