Buscar
  • Flávia Carvalho

Na INSPIRAnça da EsperAÇÃO



Esperança!

Você já reparou o quanto essa palavra pode provocar mudança?

Esperar, não me faz quieta e parada ficar.

E, ainda que eu não me mova fora, é ela que me faz sair do lugar.


Esperar não é querer ir pra janela apenas olhar o tempo passar.

É ir contemplar o tempo, aproveitando cada detalhe que o momento veio revelar.

Esperar não me tira a responsabilidade dos próximos passos que tenho para dar,

E, certamente, me enche da confiança de que tudo já bem orquestrado está.


Sim! É com o fio da confiança que teço a esperança.

Sem uma, a outra não sabe bem aonde ir,

e, assim, o esperar reflete a ansiosa demora do porvir.

Mas com as duas sou impulsionada, livre e leve, a fluir.


Há uns dias refleti sobre a força da não-ação;

E que o esperar, muitas vezes, me pede uma convicta devoção.

Me dedicar a algo que nem consigo ver,

Me leva a enxergar longe o que já está pronto para acontecer.


Ter consciência do passivo agir pode movimentar a energia do atrair.

Pois, o que mais é o realizar senão o viver no agora a esperada emoção?

É experimentar um pedaço do céu que já se tem na palma da mão;

É sorrir e agradecer pela oportunidade de tão bela e interna conexão.


Então, quando de repente aquela inspiração acontecer,

Alinhada com aquele desejo que não se cansa de no peito se estabelecer,

Confie e vá na direção que sua esperança apontar,

Faça o que tiver que fazer, inclusive, saiba esperar.


Inspire a força e a magia do sonhar.

Deixe que ela entre pelo corpo e ocupe todo o espaço que precisar.

Feche os olhos e se preencha lentamente do doce acalmar.

Sinta que nada te falta e, com gratidão, perceba que pode voar!


A esperança está na intenção e se revela na surpresa de cada inspiração.

E se me ponho a ouvir com atenção essa sábia intuição,

Dou passos entusiasmados na certa incerta direção

E desperto a coragem de agir com o coração.



Posts Relacionados

Ver tudo

MUDANÇAS