• Rubia Arce Administradora do Blog

DIVERSIDADE


Percebe-se, que na natureza tudo tem o seu próprio espaço garantido. Existe e coexiste uma infinidade de cores, tamanhos, perfumes, formas... E, a cada um, é assegurado o seu lugar ao sol, assim como, à sombra. Tudo se alinha como uma perfeita melodia, em que cada nota respeita o espaço da outra. Infelizmente, mas muito infelizmente, a única espécie que insiste em qualificar as diferenças é a humana.


Somos diferentes. Fazemos escolhas diferentes, temos gostos diferentes. Cada ser humano carrega em si um DNA único, suas próprias e únicas digitais, uma combinação que vem dotada da mistura das características de seus ancestrais. E, ainda, carrega em si, impressas, as marcas do que viveu. Como poderíamos ser comparados uns aos outros, tendo essas informações? Como qualificar cada característica, dizendo qual seria melhor ou pior?


Sermos seres da mesma espécie, e ao mesmo tempo únicos, é o que nos faz tão especiais. A imensa diversidade que existe entre os seres humanos de raças, etnias, gêneros, orientações sexuais, crenças, é o que torna a experiência humana mais rica e faz o tempo que passamos por aqui valer a pena. A infindável variedade de tons de pele, cores de olhos, formato de corpos, tamanhos, cores e formas de cabelos, é de uma beleza indescritível.


Ah, como eu amo a diversidade! Chega a me emocionar falar sobre isso.


A beleza está em cada detalhe. Por exemplo, cada um tem um som diferente da voz. Um jeito específico de falar. É tão individual, que chegamos a reconhecer as pessoas, só de ouvir a voz delas. Desde o ventre, reconhecemos a voz da nossa mãe, e a reconhecemos para todo o sempre, porque só ela tem aquela voz. Podemos passar anos sem ouvi-la, mas quando ela fala, seja onde estivermos, sabemos que é ela. Assim como, reconhecemos nossos filhos pelo choro. Ele pode estar no meio de um monte de outras crianças, se ele chora, sabemos que é o nosso.


Contudo, o que mais me encanta nos seres humanos é a diversidade de formas de enxergar a vida e o que acontece ao seu redor. Cada um pensa de uma forma. E este fato é o que torna mais rica a convivência, a partilha, a existência. Quando nos dispomos a ouvir o outro e aceitar as diferenças como algo que pode significar aprendizado em vários aspectos e níveis, nos abrimos ao universo de possibilidades que existe aqui.


Sempre pensei no propósito de sermos colocados em grupo para vivenciar a existência humana. Não por acaso, viver exige relacionamento. A vida é baseada nos relacionamentos que formamos ao longo dela. Acredito que, instintivamente, nos aliamos a semelhantes e os escolhemos para seguir conosco. Mas, os que nos agregam mais são os dessemelhantes. Aqueles que pensam e agem diferentes de nós, têm muito mais a nos ensinar. Enquanto os semelhantes trazem leveza para a nossa vida, os outros significam aprendizado constante. Claro, se permitirmos.


A meu ver, o preconceito constrói muralhas enormes separando as pessoas, que, com o passar do tempo, vão se tornando intransponíveis, porque, muitas vezes, as pessoas não sabem nem de onde ele veio, ou quando aprenderam a segregar pessoas. Por preconceito, podemos deixar de conhecer melhor e conviver com pessoas do mais alto calibre, que poderiam contribuir de forma valiosa para o nosso desenvolvimento humano. Deixamos de partilhar histórias incríveis, conhecer pessoas simplesmente adoráveis, meramente por não entender que o que nos difere é exatamente o que deveria nos unir.


É através do outro que você conhece a força que você não tem, e vice versa. Cada momento de convívio traz um novo olhar, um novo aprendizado. Cada vez que você se abre a escutar, um novo mundo se apresenta.


Experimente acolher as diferenças. Seja quem você for, ou quais experiências tenha na vida. E, quando eu digo ACOLHER, não quero dizer somente respeitar, mas estar aberto a entender o quanto as diferenças podem acrescentar à sua vida. Você pode perceber quanto tempo perdeu construindo muros ao invés de pontes.

Luz e paz!

Até a próxima!

Se você gostou deste texto, clica no coraçãozinho para curtir, deixa seu comentário e compartilha com seus amigos. Estará nos ajudando a cumprir o propósito de inspirar as pessoas.


Destaques
Arquivos
Siga-me