Buscar
  • Isa Mota

ASSASSINATO DA LÍNGUA PORTUGUESA


Todo, toda, todos, todas, todxs (criou-se um monossílabo). É preciso mais uma vogal para ser duas sílabas. Colocaram uma @ - tod@s (impronunciável), todes.


Até então, tinha visto essas palavras escritas em alguns lugares e em falas de militantes de vários segmentos, e não dei muita importância, até me deparar com um post da escola com a expressão, bem vindxs. Fiquei muito incomodada por perceber o nível de desconhecimento das pessoas em relação à Língua Portuguesa. Mas, nas mídias sociais, pode-se tudo. “Internet é terra sem lei!”


Houve argumentos de que é uma forma neutra de se expressar, pronome neutro e outras bobagens, não por culpa das pessoas, mas por falta de uma educação de qualidade, ou por esquecimento de quando nos foi ensinado no ensino médio.


Tenho consciência que vai acabar virando uma linguagem de tribos, das mídias sociais, com certeza! Os meios comerciais vão explorar para atingir esse nicho.


A Língua Portuguesa é constituída de incursões de várias línguas, Itália (região do Lácio), Galego Português, Ibérica, Árabes, Grega, (que já possuía o gênero neutro) com uma base do Latim.


Os Portugueses saem da Península Ibérica levando a língua que chega ao Brasil e recebe novas incursões dos Indígenas, africanos etc.


Na Língua Portuguesa já existe o pronome neutro – Isto, isso, aquilo.


— Vamos entender melhor?


Temos os substantivos biformes desinenciais. Ex: aluno / aluna.


O artigo "O" (masculino) e o "A" (feminino) NÃO REMETE A PESSOA, E SIM AO GÊNERO DA PALAVRA.


Desinência em substantivo é somente o A para ditar o gênero da palavra.


O último acordo ortográfico aconteceu em 1986 e teve sua aprovação em 2009.


— Vejam quanto tempo se leva para mudar algo na gramática de uma Língua. Os gramáticos observam a evolução da língua e fazem deduções, não são inventadas as mudanças. É necessário que sejam discutidas pelos países envolvidos e aprovada pela maioria.


Que fique claro!


NÃO EXISTE DESINÊNCIA DE MASCULINO NA LÍNGUA PORTUGUESA.


NÃO PODEMOS MUDAR A GRAMÁTICA SÓ PORQUE QUEREMOS.


Faço um questionamento: Se o "E" é a neutralidade, o que faremos com a palavra principe? Termina em "E", e remete ao masculino.


— Ah! Tem mais uma! Ele virou ILU – Coitadinho do urubu. O que será dele? Onde se encaixará?


Posso ficar aqui horas falando sobre esse assunto, mas deixo uma reflexão.


SIGNIFICADO DA PALAVRA TODO é: Completamente, totalmente.


TODOS, significa: todas as pessoas, toda gente, todo mundo.


Tenho fé que chegará o dia em que todos nós iremos olhar no espelho e enxergaremos simplesmente o outro, sem cor, sem raça, sem características. Simplesmente o outro.


“SOMOS PARTE DO TODO DE TUDO”


“SOMOS TODOS UM”.


Referências:

Professor Pablo Jamilk

Todo - Significado no Dicionário Criativo




Posts Relacionados

Ver tudo

EXISTIR