Buscar
  • Mary Souza

A PRIMEIRA VIAGEM


Saí correndo, desesperadamente, daquela pequena moradia. Ali era apertado! Dividia o pequeno espaço com alguns milhões como eu. Iniciei a escalada, uma corrida contra o tempo, dali sairia apenas um vencedor. O caminho era longo e, cada vez, mais estreito. Tudo tão novo, tão escuro, tão abstrato! Não sabia onde estava nem para onde iria, na verdade, não sabia nem se ao menos chegaria.


Milhares de quilômetros percorridos, uma curva mal feita levaria ao abismo! Havia um único destino, várias etapas, e a cada etapa, a concorrência diminuía! Não sabia quem venceria. Qual prêmio teria. Só sabia que o desejo de chegar era imenso!


De longe avistei um portal, vários de nós tentaram entrar e foram lançados para longe. Encorajei-me, e segui em frente, finalmente consegui entrar! Cheguei à minha nova moradia, ambiente de amor! Tão aconchegante, que estacionei ali por alguns meses. A cada dia, algo novo me preparava para minha próxima viagem!


Esta viagem me trouxe à vida, marcando profundamente minha existência!


Quantas vezes nos deixamos ser levados pelo medo, por padrões que, muitas vezes, não nos cabem? Esquecemos que nossa primeira vitória foi em meio a tanta incerteza. A única certeza que tínhamos era o ponto de partida! Temos em nós o milagre da vida! Fomos vencedores na maior corrida de todos os tempos, éramos menores que um grão de areia, mas fomos resistentes, e aqui estamos!


Que ao longo da viagem da vida, possamos resgatar, da nossa caixa de lembranças, as vitórias de nossa primeira viagem, e das demais que nos trouxeram até aqui!




Posts Relacionados

Ver tudo