• Isa Mota

A DIFERENÇA ENTRE:


O Sucateamento da Educação e o Coronavírus.


Diante do quadro de pandemia anunciado pela imprensa, Ministério da Saúde e mídias sociais, sinto que cabe a todo os profissionais da educação emitir alerta e refletir junto aos pais e responsáveis sobre o grave problema que assola o mundo.


SEUS FILHOS ESTÃO REALMENTE PROTEGIDOS DENTRO DAS ESCOLAS?


Basta somente fazer um projeto de conscientização, mostrar fotos do vírus, "teatrinho" .... Isso vai salvar nossos alunos, seus filhos? Onde está a materialidade para a prevenção?


Todos sabem que não é de agora que a maioria das escolas públicas está sucateada. Além da luta da categoria por melhores salários e, mais recentemente, pelo pagamento integral e em dia, passa também pela infraestrutura, bibliotecas, salas de vídeo. Salas de aula com 30 a 40 alunos, em espaços que comportam, no máximo, 30; Cantinas e banheiros em porões, sem ventilação adequada, alimentação, materialidade. Inúmeras dificuldades vêm enfrentando as instituições de ensino público de Minas Gerais.


“Muitas escolas não têm de onde tirar dinheiro para manter as portas abertas. Algumas estão fazendo bazar para arrecadar alguma coisa”, diz o diretor educacional do Sindicato dos Servidores Públicos de Minas Gerais (Sindpublicos-MG), Eduardo Sérgio. Isso é confirmado por nós, servidores, que atuamos nessas escolas. Falta, desde merenda e papel higiênico, até papel para impressão de provas e documentos. Sendo assim, imagina-se se chegará verba para álcool gel, papel toalha, sabonete para os banheiros.


A ESCOLA SE TORNOU UM DEPÓSITO DE CRIANÇAS, ONDE OS PAIS DEIXAM SEUS FILHOS, comprando uma ilusão de escola mostrada em mídias sociais, pelo Sistema Educacional e apoiados por muitos gestores que usam dessa “maquiagem” para manter o poder.

Diferença entre o Coronavírus e a Educação é: O VÍRUS VAI PASSAR, MAS, OS DANOS QUE UMA EDUCAÇÃO SEM QUALIDADE VAI CAUSAR NO FUTURO DO SEU FILHO SÃO IRREVERSÍVEIS.


Uma pergunta não quer calar: SENHORES PAIS E /OU RESPONSÁVEIS: QUAL FUTURO EMOCIONAL E PROFISSIONAL VOCÊ QUER PARA SEU FILHO?


Vai continuar de olhos vendados sem lutar?


Portanto, juntem–se aos profissionais de educação e defenda, perante aos governantes, do nosso estado, o direito de seu filho a uma escola de qualidade, pois, depois de vocês, somos nós, servidores da educação, que mais nos preocupamos com o bem estar e futuro do seu filho.




Destaques
Arquivos
Siga-me