• Mariana Veloso

CÂNTICOS DO (RE) NASCIMENTO


Coragem, recomeço, florescimento e luta são as palavras que me definem nos últimos 03 anos. Como um pilar que me sustenta, eu usei cada uma delas para encarar os meus desafios e enfrentar a mim mesma. Fui intimada a validar minhas dores e chorei muito até esvaziar o peito. Fui convidada a me olhar com carinho, respeito e amor. E por que não, me achar incrível?! Já que eu fui e tenho sido resiliente, lutei com minhas dores e lembrei que seria possível recomeçar...


(Re)começo é uma boa definição para esse ciclo, essa nova Mariana que está aqui e que ainda tem fragmentos, tropeços e quedas pelo caminho. Que tomou algumas decisões precipitadas, que foi intensa e também já se anulou. Mas, aprendeu grandes lições da vida.Que precisou cortar pela raiz um sentimento que insistia em pulsar, mas que não era bom.


Eu aprendi muitas coisas, e uma delas, é que decisões difíceis precisam de tempo, e respeitar o tempo das coisas é fundamental.


Algumas pessoas vêm para ser ponte, outras, laço, e não há nada que possamos fazer. De nada adianta brigar ou questionar. É preciso ser humilde e aceitar o processo.


Aprendi a compartilhar e escrever sobre o que vejo e o que sinto. Muitos dos textos que escrevo, falam do que mora em mim, do que vejo da vida e, principalmente, da minha postura feminista. Não é fácil me reconhecer intensa, chorona, dramática e uma eterna apaixonada. Não é fácil, principalmente, constatar minhas falhas, mas reconhecer a grandeza que elas tiveram na construção de quem tenho me tornado.


Os últimos 03 anos foram muito cruciais na minha jornada, às vezes, tenho a sensação que amadureci 10 anos. Reconheço que sou pequena e impotente, algumas dores ainda moram em mim, como aquelas feridas em que a gente dá ponto e tem que esperar cicatrizar. Já outras, confesso, guardei em um local secreto, o qual não pretendo mais visitar.


Mas, quando me encaro de frente, digo a elas que sou maior e que vou vencer. Tenho trilhado um caminho, nem sempre cheio de alegrias, mas repleto de desafios e encantamento. Onde já conheci pessoas tão incríveis, que falo pra mim mesma em silencio: “Calma! Você tem dado o seu melhor, as coisas vão acontecer...”!


E, o que quero dizer a você, é que aqui, do outro lado, tem uma pessoa normal, assim como você, e que por mais que seja psicóloga, e que muita gente não saiba lidar com o fato de psicólogo também sofrer, eu ainda tenho do que me curar. Enfrento meus obstáculos, cansaço e tenho altos e baixos. Que minha fé me mantém de pé e que sigo...


Quero que você saiba, que na sua jornada também vão ter momentos difíceis, mas eles irão mostrar o seu valor e te revelarão uma força imensa.


Continue fazendo sua parte e sendo uma pessoa melhor, principalmente, para você mesmo, aceite com humildade as lições e aprenda com a vida.


Se esse texto disse algo ao seu coração, deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas a quem você acredita que ler isso faria bem. Terei prazer em responder você!





Destaques
Arquivos
Siga-me